A autobiografia cantada do Rei Roberto Carlos

 

O cantor Roberto Carlos, em entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo, disse que pode aceitar a lei que permite a publicação de biografias não autorizadas, que está em discussão no Congresso Nacional, mas com algumas restrições. Os comentários do Rei inspiraram o encerramento do Jornal da CBN, nesta segunda-feira. Ouça, divirta-se e discuta.

 

4 comentários sobre “A autobiografia cantada do Rei Roberto Carlos

  1. Prezado Milton, boa tarde!

    Assisti o Fantástico e no período da manhã escuto seu programa de casa até o trabalho, para mim Roberto Carlos, disse que sim disse que não, ficou em cima do muro, foi evasivo, nas suas colocações ou melhor dizendo, quem não deve não teme, ele deve saber que é uma pessoa pública.

  2. Imagina, faço uma biografia do Milton Jung, mas antes de publicar o Milton vai ler a biografia não-autorizada (vai pedir para tirar o que não gosta, alterar alguns trechos, e reescrever outros trechos) e só depois vai liberar. Ai vai acabar virando uma censura. Tipo: o que é bom a gente mostra e o que é ruim a gente esconde. Sou fã de Eric Clapton. Li Eric Clapton A Autobiografia. Muito legal, mas sei que o cara tbém deu lá suas presepadas que talvez fossem divulgadas numa biografia não-autorizada. Nem por isso iria deixar de ser fã do cara. Pelo contrário, seria até mais fã. Afinal, atire a primeira pedra quem nunca errou ou cometeu pataquadas em início de carreira ou quando era jovem. E se o biografado se sentir ofendido ou caluniado recorre à Justiça e manda o cara reparar a calunia. O que não pode é a censura, tipo censurar sem mesmo saber o que está escrito no livro. Já li biografia não-autorizada e grande parte do que tá lá, a maioria já sabia. Imagina uma biografia não-autorizada do Milton Jung. Acredito que 99% do que vai estar no livro, os amigos, colegas de trabalho ja sabe. 1% talvez o escritor vai tirar do próprio Milton e publicar. E se é um segredo: então só o próprio Milton e familiares terão essa informação. Ninguém mais. Uma coisa que talvez o Milton nunca deixe publicar: o arrependimento de não torcer pelo Santos Futebol Clube o Melhor do Mundo. Rsss

  3. A mídia felizmente está abrindo espaço para este tema tão importante. Depois da capa da VEJA, do FANTÁSTICO, do programa da TV Cultura RODA VIVA, em que não apareceu ninguém da turma PRÓ censura, hoje na FOLHA temos um imperdível artigo do Ruy Castro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s