Empreendedorismo: micros têm mais agilidade e independência para driblar a crise

 

 

Falamos em vídeo anterior sobre a informalidade e os riscos que provoca no seu negócio. Uma das opções que tornaram a regularização da sua prestação de serviço acessível foi a criação da figura jurídica do microempreendedor individual, o MEI, que trouxe para dentro do sistema legal cerca de 6 milhões de pessoas, desde que foi criado há seis anos.

 

No Papo de Professor, promovido pelo Sebrae, conversei com os participantes sobre como incentivar o microempreendedor individual a encarar este momento de crise econômica no Brasil. A resposta você assiste no vídeo acima.

 

Aproveito para lembrar que ainda nesta semana, o Sebrae, abriu inscrições gratuitas, para quem pretende sair da informalidade e ter acesso a diversos benefícios, inclusive direitos trabalhistas. O curso à distância “MEI – Microempreendedor Individual” pode ajudá-lo nesta tarefa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s