Parque suspenso de Manhattan é Minhocão civilizado

High Line conquistou nova-iorquinos desde a inauguração em junho

High Line conquistou nova-iorquinos desde a inauguração em junho

Uma estrada de ferro abandonada foi transformada em parque público na cidade de Nova Iorque com uma atração especial: o parque é elevado. Ainda que mal comparando, é como se o Minhocão em São Paulo estivesse desativado e fosse transformado em área para passeio e piquenique.

Desde a inauguração, em 9 de junho, os nova-iorquinos invadiram o High Line e o transformaram em local de descanso e bate-papo. Com os celulares nas mãos, fotografam ângulos ainda não vistos de Manhattan graças a nova construção que tem, até aqui, concluída apenas a primeira fase.

O trecho pronto do High Line começa próximo do Rio Hudson na Gansevoort Street e vai até a 20th. O prefeito Michael Bloomberg anunciou que a extensão até a 30th será entregue em 2010. Que o faça logo, haja vista o sucesso que o parque suspenso está provocando. Em bares na região de Chelsea, com U$ 15 você compra uma cesta de piquenique Hig Line com sanduíche, picles, batata chips, cookies e bebida.

Após ler reportagem do The New York Times, nesta quarta, vou pegar o trem para Manhattan e conhecer mais de perto esta nova atração.

11 comentários sobre “Parque suspenso de Manhattan é Minhocão civilizado

  1. Milton, se possível alugue uma bicicleta e pedale no parque linear que fica ao lado do rio que beira a cidade (esqueci o nome). Imagine essa possibilidade aqui em São Paulo, na beira dos Rios Tietê e Pinheiros

    Se tiver dificuldades em arrumar uma bicicleta, me avise que te coloco em contato com uns cicloativistas daí.

    Abraços

    André Pasqualini

  2. André vc diz

    "Imagine essa possibilidade aqui em São Paulo, (pedalar) na beira dos Rios Tietê e Pinheiros"

    Coitado de quem tentar faze isso perto do tietê e Pinheiros!!!!
    No mínimo o cara Vai morrer intoxicado, por falta de ar, etc. por causa do fedor, etc.!!!

    Abçs.

  3. Milton, Nabuconodosor deve estar contente com Bloomberg, que é um homem de sorte. Conta êle que minoritário foi tirado da sociedade de uma próspera empresa com um cheque de 10 milhões de dólares , Iniciou a BLOOMBERG. E deu no que deu, sucesso absoluto.
    Desta sorte não experimentamos pois o nosso Minhocão não é jardim nem passarela.E tão logo provávelmente não será um jardim, a não ser que o próprio Nabuconodosor apareça por aqui.

  4. Armando, já pedalei várias vezes ao lado do Rio Pinheiros (http://www.ciclobr.com.br/diasemcarro/noticias37.asp) e percorri duas vezes o Rio Tietê (http://www.ciclobr.com.br/projtrip_hoje.asp).

    Te garanto é mil vezes melhor pedalar ao lado do Rio do que ao lado dos carros nas marginais. Garanto outra coisa, despoluir nossos rios é muito mais fácil do que resolver o problema dos congestionamentos da cidade.

    Aliás, na minha opinião, os dois são fáceis de resolver. Basta quem tá lá em cima ter vontade de resolver e não de ganhar dinheiro com a desgraça alheia.

  5. Ótima sugestão para o Minhocão. Ele ficaria bem melhor como parque suspenso do que como estacionamento e pista de corrida, como é hoje. Morei em um prédio ao lado dele por um bom tempo e os acidentes ali são muito frequentes. Vi um motorista de uma kombi morrer porque um carro que vinha na outra pista decolou na mureta do meio e entrou pela janela da frente da Kombi. Sem contar com a poluição absurda, que deixa fuligem preta nos móveis da casa toda, e com o barulho que impede de assistir TV se você não tiver uma janela anti-ruído.

    Menos carros, mais lazer, mais verde. Ou então transformem aquilo em corredor exclusivo de ônibus, de preferência elétricos Podiam aproveitar e fazer todo o trecho São João – Elevado – Matarazzo só para ônibus, seguindo pela Guaicurus até o Mercado da Lapa e além.

    E Armando, com o dinheiro que estão gastando na ampliação da Margional daria pra despoluir o rio… 🙂

  6. Realmente é uma idéia bastante criativa, um parque suspenso no minhocão. Seria realmente uma vista inusitada. Minha preocupação é que acabe virando um refúgio para a criminalidade, como é a região do glicério. Me recordo que em Santo André há um parque que funciona 24 horas, mas que também tem policiamento 24 horas… tem que ser assim… abraços

  7. Não conheço o High Line, mas não dá pra comparar. O único jeito de “civilizar” o Minhocão é implodindo.
    Outra ação importante seria restaurar as fachadas dos maravilhosos e esquecidos edifícios da Av. São João.

  8. o prefeito deve estar louco, acha que anunciar uma medida absurda como destivar o elevado, vai lhe render votos.

    Eu moro na Mooca e trabalho na Barra Funda, uso o elevado todos os dias… como vou fazer meu caminho? pela Amaral Gurgel e São João?? TOTALMENTE INVIÁVEL.

    esse Aquassab É UM FANFARRÃO !!

    VAI LOGO EMBORA, PEDE PRA SAIR, JA VAI TARDE

  9. Independente do que acontecer com o Minhocão não há dúvidas que seu futuro precisa ser discutido mesmo!

    As mudanças são sempre difíceis, especialmente em uma cidade como SP que é muito grande, mas elas precisam ser feitas.

    Se eu pudesse escolher apontaria a demolição como a melhor saída pois acredito que iria valorizar muito a região e tenho certeza que mais pessoas se interessariam pelo local, consequentemente a cidade ficaria melhor.

    Mas, claro, é preciso pensar no trânsito também, porém ele não pode ser o principal ponto de todas as decisões na cidade. Que bom que se está voltando a discutir o futuro do Minhocão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s