O jogo que os meninos viram II

 

Direto da Cidade do Cabo

“Ainda bem, f.d.p” foi o que Dunga teria dito assim que o juiz deu o apito final da partida contra a Costa do Marfim. Em vez de deixar os meninos envergonhados, eles até que gostaram do desabafo. Foi o que me disseram assim que os procurei para os comentários sobre a vitória e classificação brasileira.

Os dois garotos, de 10 e 13 anos, apresentados neste blog, semana passada, após a estreia da seleção, fizeram tanto sucesso com a sinceridade de seu olhar, que decidi voltar a eles.

Ao menos para os meninos-comentaristas, ninguém precisará pedir desculpas pelos palavrões, ao contrário do que teve de fazer o técnico da França Raymond Domenech, alvo dos xingamento de Anelka no intervalo do jogo contra o México. Depois de afastar o atacante, foi à imprensa dizer que “lamento por todas as crianças que seguem a seleção da França”.

Os dois sabem que tem palavrão que ofende, tem palavrão que dá ênfase, tem palavrão dito no momento impróprio e tem palavrão que alivia. O de Dunga foi de alívio, naquele instantes. Os demais, ditos para quem não tem nada a ver com isso, e está apenas trabalhando, eles não ouviram e, portanto, não comentam. Fazem bem.

Ficaram assustados mesmo foi com a maneira dura com que aquele pessoal da Costa do Marfim jogava: “eles não são os Elefantes, são uns cavalos”, disse o menor. Mais incomodados, ainda, quando viram os marfinenses entrar de sola na canela de Elano. Como já escrevi, o mais velho diz que o meio-campo brasileiro tem “cara de dó” e, por isso, decidiu torcer por ele, em particular. Deu sorte.

Aliás, eles haviam reclamado durante o jogo a falta do gol do Elano. Pedido feito, pedido atendido, depois da boa jogada pela esquerda de Kaká. “Esse cara é legal, ele mostrou o nome das filhas depois do gol”, lembraram os dois, conquistados pela simpatia do “goleador”.

Será que ele pode ser punido por isto ? Espero que não, a mensagem era pra família, caramba.

Lembrei que eles queriam ter tirado o Kaká na partida de estreia já no primeiro tempo, antes mesmo da decisão do Dunga de substituí-lo: “Mas nesse jogo não merecia sair, apesar que disseram na TV que ele tinha de ter sido substítuido antes porque tomou o cartão amarelo”, comentou o mais velho. Sobre a expulsão: “Foi bem esquisito”.

Esquisito é elogio para o que o juiz deixou acontecer no gramado.

“O Robinho foi o Kaká do outro jogo, não fez nada desta vez”, concordaram os dois. “É, mas o Luis Fabiano fez bem mais do que todos eles juntos, num usou a mão, mas fez”, comenta o novinho que não havia nascido quando Maradona consagrou este lance no México86. “Foi o gol mais bonito que eu vi até hoje”, disse o mais velho que só assistiu aquele chapéu de Pelé, na Suécia58, pela televisão e em imagens desbotadas.

A vó, que esteve do lado deles no jogo de ontem, tinha idade para lembrar dos dois gols históricos, mas nunca acompanhou o futebol, só assiste aos jogos pra ficar junto com os netos.

Futebol-família é muito legal, mesmo que de vez em quando escape um palavrão.

6 comentários sobre “O jogo que os meninos viram II

  1. Milton,

    E tem palavrão captado pelos microfone em entrevista coletiva…e na sala lá de casa os meninos perguntavam ” O que ele tá falando?’
    Ele é o Sr. Dunga. E ele estava mandando um repoórter da rede Globo para todos os lugares.
    O que disse aos meus meninos? ‘ Acho que ele está apenas ancioso, meninos! Por que não vão jogar bola lá na quadra?’
    E mudei de canal.
    Que vergonha! Imagine se a seleção brasileira tivesse perdido. Ou imagine se a selção brasileira ganhar esta Copa!!! Titem as crianças da sala.
    Abs
    Ciça

  2. Acompanhei todos os jogos da copa.
    Domingo foi dia de alegria. Todo mundo de verde e amarelo e o futebol brasileiro, embora ainda não tenha apresentado seu melhor, foi mais convincente e ganhamos.
    O único fato a manchar o dia foi o comportamento do Dunga.
    Estou horrorizada com a entrevista coletiva dele. Será que ninguém mais notou a lista de palavrões que o tal apresentou como se estivesse tendo uma convulsão ?
    Vi e revi umas 20 vezes, sem exagero, porque não estava acreditando na cara de pau e falta de cerimônia. Ele ignorou as câmeras do mundo inteiro que registravam o momento e parecendo em transe, repetia, como um mantra palavras obcenas.
    A mulher dele não ficou com vergonha ? E as filhas ?
    O tal líder da seleção brasileira não estava no calor do jogo, na beira do campo. Ele estava respondendo perguntas, depois de uma vitória.
    Alguém deveria fazer algo. Ele deveria fazer uma retratação pública.
    Se você acha que seria um exagero, eu digo que se deixarmos passar isso, é porque achamos normal, aceitável.
    Educação está saindo de moda. Ele foi desrespeitoso ao profissional a quem se referiu, ao seu superior, a família dele e a todos os que assistiram aquilo.
    Pra mim, foi o responsável pela única lembrança ruim que terei no dia.
    Eu fiquei com vergonha e não quero mudar, não quero me acostumar.
    Espero que mais pessoas se revoltem com isso também e não se deixem acostumar.
    Abraços,
    Silvia

  3. É permitido enquanto o entrevistado dá as respostas os jornalistas da platéia ficarem ao celular falando?
    O Escobar segundo o irmão do Oscar informou no Fantástico, estava falando com ele ao celular.
    Não é falta de educação falar ao celular durante a coletiva?

  4. Milton, sou gaucho e moro em Brasília. Escuto as radios do centro do país. Todas, sem exceção, repudiam o futebol gaucho e os gauchos consequentemente. Eles nos aceitam quando não tem pra onde correr. Vide Felipão no Palmeira e na Copa de 2002. Mano Menezes no Curintia pra fugir da segundona, e por aí vai. Lembro que na década passada,o senhor Armando Nogueira (que Deus o tenha) falou claramente que iria torcer para o Gremio perder pro Ajax na final do interclubes!!! Os comentaristas esportivos descem o cacete no Dunga. E fica assim!!!Fazem comentários que ofendem, inclusive, seu caráter. E fica assim!!! Dá-lhe Gremio. abçs.

  5. Caro Milton

    Daria para alguns dos seus colegas aliviarem a lenha c/ o Dunga e torcer mesmo p/ o trabalho dele dar certo, ao invés de ocupar espaço na tv p/ se justificar? O povo não é tão bobo assim, tanto que twiteiros já lançaram o “#DiaSemGlobo”.

    Abraços, bom trabalho e volte logo p/ CBN_SP.
    paulo

Deixe uma resposta para Silvia Affiune Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s