Cochichos e recados nos caminhos do Morumbi 2014

 

Direto de Roma/Itália

Toda vez que o presidente Lula abre a boca pra falar de Copa, o projeto Morumbi’14 sai da gaveta novamente, onde está guardado com pastas e documentos importantes que podem decidir o destino do estádio de São Paulo.

No lançamento do estranho logo para o Mundial do Brasil, Lula passou recado ao prefeito da capital paulista Gilberto Kassab (DEM), que está na África sob a alegação de que precisa conhecer programas e soluções desenvolvidas por aquelas cidades.

Kassab foi, na verdade, fazer política, não planejar.

As constatações do prefeito de que São Paulo não deve nada ao sistema de transporte de Johannesburgo e seria impossível construir um Soccer City com dinheiro público poderiam ser feitas de dentro do gabinete dele, no Viaduto do Chá. Haja vista que ao planejarem a Copa da África, as autoridades sul-africanas foram a São Paulo, especificamente na região do ABD paulista, passaram por Curitiba e esticaram viagem a Bogotá, na Colômbia, para entender como transportar passageiros com qualidade. Devem ter ficado presos em congestionamentos na cidade de São Paulo, onde não se investe em corredores de ônibus, há bons anos.

E como Kassab foi fazer política, voltará da África com o recado do presidente lhe coçando a orelha: “Continue a brigar pelo Morumbi” – está no Blog de Cosme Rímoli, em 08/07/10.

Há pouco mais de um ano, em outro cochicho nem tão baixo assim, Lula falou ao Ministro do Esporte, Orlando Silva Júnior, durante cerimônia no estádio do Morumbi: “Diga ao Ricardo (Texeira) para parar de falar m…. . É preciso baixar a crista dele. O Morumbi é o estádio de São Paulo para a Copa” – descreveu Juca Kfouri em 24/06/09

Pode parecer uma contradição (mas só a quem mantém a visão ingênua de que tudo é uma questão de preferência clubística), o corintiano Lula tem sido o “Embaixador do Morumbi” desde o primeiro minuto de jogo e seu esforço aumentou após encontro com o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio – o mesmo que ao assinar nota em resposta a exclusão do estádio da Copa, ameaçou: “A Justiça é filha do Tempo. O Tempo é o Senhor da Razão. O Tempo dirá. E nós também” (16/06/10). Dirá o quê ?

Há quem não consiga dissociar a frase final daquela nota com o comentário presidencial, na cerimônia africana, de que o Brasil é feito de gente que não desiste nunca. Disse isso em uma das três vezes nas quais citou nominalmente Ricardo Teixeira, durante a cerimônia. Mais do que um slogan, um alerta ?

Destacou, também, o necessário combate a corrupção na Copa 2014. Quando, aliás, não será mais presidente do Brasil: “pode contar comigo no que for necessário” – fez questão de avisar a Teixeira.

Terça-feira (07/07/2010), já em solo africano, em outra das suas frases, Lula não foi descuidado na fala: “Se a CBF adotasse o que eu adotei quando era presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, a cada oito anos a gente trocava a direção da CBF. No sindicato a gente trocava”.

Quanto a Kassab, não-alheio a discussão, voltará a São Paulo talvez com a bagagem vazia de projetos urbanísticos, mas com um aparente alívio: poderá reaproximar seu discurso pró-Morumbi ao do Palácio dos Bandeirantes, de onde se ouvia dos corredores críticas pesadas contra o alcaide. E, ao mesmo tempo, costurar com investidores a construção do Plano B, ou P, o Piritubão.

Desembarcará em São Paulo, com um pé em cada estádio.

Por enquanto, vizinho do Palácio, Juvenal Juvêncio só abre a gaveta de seu escaninho, cheia de pastas e documentos, pra remexer no projeto de reforma do estádio do Morumbi.

É das conversas ao pé de orelha, bate-papo nos bastidores e recados indiretos que se constrói o caminho para São Paulo ser sede da abertura da Copa do Mundo de 2014. Ou qualquer outra coisa que tenha o mesmo valor.

6 comentários sobre “Cochichos e recados nos caminhos do Morumbi 2014

  1. Desculpe Milton Jung! Minha inteligência (ou falta dela…) não conseguiu interpretar, pelo seu artigo, se você é favor da construção de um novo estágio em São Paulo, ou a reforma do Morumbi.
    Me parece mais razoável, não só para a capital paulista, como para as outras sedes, que seja tomada a decisão mais econômica para os cofres públicos, haja vista que não acredito na realização da Copa sem o aporte de imensos recursos públicos.
    Já bastam as sedes do Amazonas e Mato Grosso onde, com certeza, constataremos a construção de imensas "moscas brancas" que, terminada a copa, ficarão totalmente ociosas.

  2. A Fifa tem um série de exigências pra um estádio que se candidata a abertura de uma copa (o chamado caderno de encargos),

    se o Spfc já demonstrou não ter capacidade de atender todas as exigência da Fifa, porque muita gente da imprensa insiste nessa história de morumbi em 2014?

    Não seria mais correto expor a realidade dos fatos ao invés de ficar tentando atribuir uma culpa a fifa que é exclusiva do comitê paulista e do spfc, que insistem emuma candidatura de um estádio defeituoso e com tantas falhas estruturais, em que a sua modernização de tão inviável que é, sai quase o dobro do custo um completamente novo?

  3. Milton, desde o início apostava na abertura da COPA no Morumbi.
    A coerência da cidade e do estádio era tanta que pela globalização atual imaginava que nem CBF nem FIFA teriam coragem de desafiar lógica e estratégia para descartar um estádio existente e construir um novo.Sobre a cidade, nem se discute, pela sua capacidade estrutural.
    Hoje, depois de ver tantos absurdos, como ataques diretos ao projeto, enquanto os demais estádios nem existiam e os que existiam estavam bem atrás do Morumbi em planejamento, já não tenho tanta certeza.
    Na realidade absurdo maior é o Brasil e o governo brasileiro terem endossado apoio incondicional à COPA 14 sem ter o controle financeiro e operacional, que foi entregue ao presidente da CBF. Fato inédito nas história das copas. Em nenhum país se acumulou os cargos . Ricardo Teixeira é o presidente da COPA 14 e da CBF..

  4. Ola Milton
    Como de costume brasileiro, ao contrário da objetividade dos países mais desenvolvidos, creio que muita coisa ainda vai rolar até a copa de 2014.
    Onde tem politicos metidos em qualquer assunto, nada poderemos prever o que acontecerá!
    Pois tudo é possivel que venha acontecer.
    De bom e de ruim!
    Principalmente quando São Paulo torna-se evidencia no assunto.
    Aproveito para a gradecer a sua gentil visita e palavras no meu / nosso blog.

    Grande abraço
    Armando Italo

  5. Milton,subordinado ao seu título, hoje há mais cochichos e recados sobre o Morumbi.
    Como constatamos é um caso emblemático porque transcende o futebol, pois é imagem e semelhança do tratamento público x privado de parte de interêsses particulares de homens públicos.
    Para os desinformados, não é a adaptação às exigencias da FIFA que elimina o Morumbi, pois Internacional e Atlético Paranaense não foram eliminados, e este clube do Paraná se recusa a investir no estádio. Ainda assim não foi descartado muito menos atacado.
    Fato novo é que ontem Lula começou a agir abertamente em Johannesburgo a favor do Morumbi, no tom em que mais gosta, ou seja direto e sem rodeios. Disse a Kassab que o Morumbi não poderia ficar fora e hoje deverá ter repetido no café da manhã para Blatter FIFA e Teixeira COL. ( Comitê Olimpico Local ). Como sabemos nem a rainha Elizabeth consegue ser Rainha da Inglaterra e Primeira Ministra. Teixeira é Presidente da CBF e do COL.

  6. Milton, depois do cochicho, aqui vai o recado de LULA ao Ricardo Teixeira, 21 anos no poder da CBF :

    “Acho que, se a CBF adotasse o que adotei quando era presidente do sindicato… A cada oito anos a gente trocava a direção. Mas não posso falar da CBF porque é uma entidade particular. Não posso votar e dar palpite”.

    Parece que não só a FIFA,mas também sua coligada CBF está ficando encurralada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s